Felipe Dias marca de cabeça, e Madureira vence o Resende na estreia pelo Campeonato Carioca

Sob forte calor no primeiro tempo e chuva na etapa final, Tricolor Suburbano conquista os primeiros três pontos no Estadual. Goleiro Dida foi o grande destaque com boas defesas


sexta-feira janeiro 28, 2022

Adriano Fontes/Madureira EC

Sob forte calor no primeiro tempo e chuva na etapa final, o Madureira estreou com vitória no Campeonato Carioca. No Estádio Conselheiro Galvão, o Tricolor Suburbano venceu o Resende por 1 a 0 com gol de Felipe Dias, de cabeça, ainda no primeiro tempo

Na próxima rodada, o Madureira encara o Fluminense, domingo, às 18h, no Raulino de Oliveira. O Resende, por sua vez, recebe o Nova Iguaçu, também no domingo, mas às 11h, no Estádio do Trabalhador.

JOGO QUENTE
Sob forte calor no Estádio Conselheiro Galvão, as equipes começaram a partida de maneira intensa. A primeira chance foi do Resende que quase marcou com um belo chute de fora da área de Felipe Souza. Na sequência, por pouco os visitantes não aproveitaram a bobeira da defesa do Tricolor Suburbano. Macena recuperou a bola no ataque e rolou para o lateral-direito Ben-Hur que tentou finalizar, mas a defesa afastou o perigo.

JOGADA ENSAIADA
O Resende pressionava a saída de bola e tentava abrir o placar. Destaque para Emannuel Biancucchi, que entrou dele deu trabalho à defesa do Madureira. Mas em uma jogada ensaiada, Rafinha bateu escanteio e Felipe Dias escorou no primeiro pau para abrir o placar para os donos da casa.

OLHA A CHUVA!
Apesar do forte calor, a chuva deu o ar da graça em Conselheiro Galvão, em uma tarde típica de verão carioca. Na etapa final, o Resende pressionou, mas o goleiro Dida se destacou com boas defesas. Em uma delas, Ingro clareou a jogada e finalizou forte para boa defesa do arqueiro do Tricolor Suburbano.

DISPUTA INTENSA
O Gigante do Vale fez diversas alterações para tentar empatar a partida. Mas foi o Madureira que quase ampliou com Marino. No contra-ataque, Diogo Silva cruzou, na medida, para o camisa oito, que desperdiçou um gol incrível. Em uma boca cobrança de falta, Emanuel Biancucchi, do Resende, cobrou, mas Dida espalmou para fora. No fim, outra chance do primo do Messi, que novamente parou nas mãos do arqueiro tricolor.

Ficha-Técnica
MADUREIRA 1×0 RESENDE

Data e horário: 27/01/2021, às 15h30
Local: Estádio Conselheiro Galvão, em Madureira (RJ)
Árbitro: Maurício Machado Coelho Júnior
Assistentes: Thiago Gomes Magalhães e Gustavo Mota Correia
Cartões Amarelos: Marino, Márcio Pierre, Edgar Silva (MAD) / Khevin, Emanuel Biancucchi, Ingro (RES)
Cartões Vermelhos:
Gols: Felipe Dias (34’/1T) (1-0)

MADUREIRA (Técnico: Alfredo Sampaio)
Dida; Rhuan Rodrigues, Mário Pierre (Marcelo Alves 34’/2T), Edgar Silva, Guilherme Zóio; Felipe Dias, Marino (Nonato 28/2T), Rafinha (Henrique Luís 24’/2T); Diogo Silva, Sampaio e Pipico (Erick Pulga 37’/2T)

RESENDE (Técnico: Sandro Sargentim)
Jefferson Luís; Ben-Hur (Gabriel Justino 20’/2T), Igor Amaral (Douglas 13’/2T), Joanderson, Kaique; Paulo Victor, Khevin, Zizu (Emannuel Biancucchi 14’/1T). Ingro (Igor Bolt 13’/2T), Felipe Souza (Juninho 20’/2T) e Macena