Vasco estreia no Campeonato Carioca com vitória sobre o Volta Redonda

Cruz-Maltino chegou a abrir três gols de vantagem na partida fora de casa. Gabriel Pec teve atuação de destaque e o lado direito se sobressaiu


quinta-feira janeiro 27, 2022

Foto: Reprodução / Vasco

O saldo foi positivo. Na estreia das equipes no Campeonato Carioca, o Vasco venceu o Volta Redonda por 4 a 2. Na noite desta quarta-feira, no Estádio Raulino de Oliveira, na casa do adversário, o Cruz-Maltino mostrou potencial ofensivo e falhas defensivas, mas deixou boa impressão.

PRESSÃO MANDANTE, GOL VISITANTE
Foi o time da casa quem começou melhor. MV deu um chute para fora, livre, quando eram quase três minutos. Mas logo na primeira investida o Vasco abriu o placar: Weverton fez boa jogada pela direita e Gabriel Pec finalizou sem chances para o goleiro do Voltaço.

VOLUME E GOLS
O Cruz-Maltino foi ganhando volume. Aos 28, Bruno Nazário cruzou na cabeça Raniel após boa trama pela direita. Placar ampliado. E dez minutos depois, Pec deu com açúcar para Nene, de primeira, fazer o terceiro. Só que na reta final da primeira etapa, Weverton recuou mal a bola, Thiago Fernandes tentou chutar a bola e acertou MV. Pedrinho cobrou o pênalti e descontou.

MAIS GOLS
Mal rolou a bola no segundo tempo e Nene cobrou escanteio da esquerda, Juninho recebeu, chutou na direção do gol e o corta-luz dificultou para o goleiro do Volta Redonda. A equipe da casa diminuiu o prejuízo aos 17, quando Dilsinho, de cabeça, aproveitou a pressão que era exercida: 2 a 4.

NADA MUDOU
Na reta final da partida, alterações de parte a parte deram ânimo à partida. O goleiro vascaíno chegou a fazer duas boas defesas, mas o placar não foi alterado.

FICHA TÉCNICA
VOLTA REDONDA 2 X 4 VASCO

Estádio: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data e hora: 26/1/2022, às 19h
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Daniel de Oliveira Alves Pereira
Cartões amarelos: Pedrinho, Davison, Tinga e Dilsinho (VOL); Bruno Nazário, Thiago Rodrigues e Juninho.
Cartão vermelho: Não houve.
Público e renda: 2.528 pagantes (3.496 presentes) / R$ 84.700,00

GOLS: Gabriel Pec, 9’/1ºT (0-1), Raniel, 28’/1ºT (0-2), Nenê, 38’/2ºT (0-3), Pedrinho, 45’/1ºT (1-3), Juninho, 3’/2ºT e Dilsinho, 27’/2ºT (2-4)

VOLTA REDONDA: Vinícius Dias, Iury (Pedro Thomaz, 13’/2ºT), Davison, Dilsinho e Luiz Paulo; Muniz (Júlio Amorim, 13’/2ºT), Tinga e Caio Vitor (Hugo Cabral, 13’/2ºT); MV, Pedrinho (Natan, 40’/2ºT) e Lelê (Mattos, 45’/2ºT) – Técnico: Neto Colucci.

VASCO: Thiago Fernandes, Weverton, Ulisses, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara (Riquelme, 27’/2ºT) e Juninho; Gabriel Pec (Laranjeira, 40’/2ºT), Nene e Bruno Nazário (Figueiredo, 21’/2ºT); Raniel (Isaque, 21’/2ºT) – Técnico: Zé Ricardo.