Vanderlei pega três pênaltis e Vasco vence a Taça Rio

O Vasco da Gama se sagrou campeão da Taça Rio, após vencer o Botafogo por 3 a 0, nas cobranças de pênalti.


domingo maio 23, 2021

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Durante os 90 minutos, o Gigante da Colina foi superado por 1 a 0. Vale ressaltar o desempenho do goleiro Vanderlei, que pegou as três cobranças do rival. O próximo compromisso da equipe comandada pelo técnico Marcelo Cabo, será válida pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro, diante do Operário-PR, no próximo sábado (29/05), às 11h, em São Januário.

O JOGO

O Vasco começou a final estudando as ações do adversário e buscando sair em velocidade ao ataque. A primeira investida vascaína veio aos 13 minutos, Léo Jabá avançou pela esquerda, invadiu a área e chutou junto a marcação, a bola saiu em escanteio para o Gigante da Colina. Na cobrança, Zeca mandou na cabeça de Germán Cano, o artilheiro argentino subiu mais que a marcação, testou firme e a bola acabou saindo pela linha de fundo.

Precisando do resultado, o Botafogo tentou implementar uma pressão na defesa cruzmaltina durante os 20 primeiros minutos do clássico. Porém no decorrer da segunda etapa, o Vasco igualou as ações e começou a pressionar a equipe rival. Aos 43, Zeca avançou pela esquerda, cortou para o meio e arriscou a forte finalização. O lateral vascaíno acabou parando na boa defesa do goleiro adversário.

O Vasco voltou para a segunda etapa buscando tirar o zero do placar. Logo aos 3 minutos, Gabriel Pec recuperou a bola na intermediária, avançou e antes de entrar na área, arriscou a finalização cruzada. Porém o camisa 17 acabou parando na boa defesa do goleiro adversário. Aos 7, Léo Jabá acionou Gabriel Pec na entrada da área, o atacante vascaíno dominou, deu um chapéu no marcador e na hora de concluir, acabou sendo interceptado pelo goleiro.

Aos 10 minutos, Zeca cobrou escanteio curto para Léo Jabá, que chegou devolvendo de primeira. O camisa 37 ficou com a bola, cortou o marcador, invadiu a área e arriscou a finalização, mas a bola acabou se perdendo pela linha de fundo. Aos 13, Andrey cobrou falta na entrada da área e encheu o pé, a bola acabou saindo por cima da meta alvinegra. Aos 24, após um bate rebate dentro da área vascaína, o zagueiro Gilvan abriu o placar para o Botafogo: 1 a 0. Aos 33, após uma falta na entrada da área, Gabriel Pec apenas rolou para Zeca. O lateral vascaíno de frente para área, encheu o pé e acabou parando na boa defesa do goleiro adversário.

Após esse lance, o Gigante da Colina não chegou com perigo na meta adversária e com isso a partida acabou sendo decidida nas penalidades. O goleiro Vanderlei pegou três cobranças do adversário e o resultado das cobranças terminou em 3 a 0 para o Gigante da Colina, que se tornou pela 11ª vez campeão da Taça Rio.

FICHA TÉCNICA

VASCO 0 X 1 BOTAFOGO

Taça Rio – Final 2º jogo

Local: São Januário (RJ)

Data: Sábado, 22/05/2021

Horário: 15h05 (Brasília)

Árbitro: Maurício Machado Coelho Junior

Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno e Carlos Henrique Alves de Lima Filho

Cartões Amarelos: Warley (Botafogo)

Gols: Gilvan 24/2T

VASCO DA GAMA: Vanderlei, Léo Matos, Ernando, Ricardo Graça e Zeca; Andrey, Matías (Romulo) e Morato (Figueiredo); Léo Jabá (Juninho), Gabriel Pec e Germán Cano – Técnico: Marcelo Cabo

BOTAFOGO: Douglas Borges, Paulo Victor (Rafael Carioca), Gilvan, Kanu e Warley; Romildo (Matheus Frizzo), Ricardinho (Felipe Ferreira) e Pedro Castro; Marco Antônio (Ênio), Ronald (Marcinho) e Rafael Navarro – Técnico: Marcelo Chamusca